Uma leitura arendtiana sobre ação política e amor mundi no espaço público

Autores

DOI:

https://doi.org/10.4013/con.2024.201.05

Palavras-chave:

Ação. Política. Amor Mundi. Espaço Público. Hannah Arendt.

Resumo

O presente artigo busca traçar um estudo político-filosófico e se dedica a articular as nuances do conceito arendtiano de ação, sobre o entendimento do agir humano dentro do espaço público. Observar as nuances e a imprevisibilidade pela qual a ação humana é expressa frente à convivência entre iguais e diferentes no espaço público é enxergar a forma com a qual as singularidades humanas e o fenômeno da revelação das identidades se tornam evidentes. Dessa maneira, o objetivo geral do presente trabalho se perfaz em analisar como a dimensão política do conceito arendtiano de ação está ligada à busca da liberdade do indivíduo no espaço público. Dessa forma, busca-se entender as interações interpessoais em meio a pluralidade humana e a procura pela liberdade frente ao mundo das aparências.

Downloads

Publicado

2024-03-27

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)