A mediatização do facto religioso, entre imediato e transcendente: o caso do Cristianismo na imprensa escrita de referência em Portugal

Márcia Rogério Marat Grilo

Resumo


Este texto pretende apresentar uma síntese das principais conclusões de uma investigação sobre a mediatização da religião, evidenciando os resultados obtidos a partir de um estudo centrado no caso do Cristianismo nos principais títulos da imprensa escrita nacional de referência no contexto português. Nesta perspetiva, é analisado o processo de interação entre dois mundos bastante distintos, mas igualmente fundamentais para a compreensão do mundo complexo que é o nosso. Por um lado, o campo da religião, um domínio da ordem do sagrado, ligado às crenças, às práticas de fé, centrado numa linguagem simbólica e que é da ordem do transcendente. Por outro, o campo dos média e do jornalismo, um campo fundamental da dinâmica do espaço público contemporâneo, centrado numa lógica de funcionamento que privilegia a noção de acontecimento, de novidade – a notícia sendo sobretudo a narrativa de factos estritos de atualidade, através de uma linguagem concisa, um estilo direto, simples, um discurso da ordem da instantaneidade ou do imediato. Alguns dos muros e algumas das pontes de uma relação difícil mas inevitável entre estes dois universos – representados de um lado pelas fontes de informação religiosa e do outro pelos jornalistas – serão assim referidos.

Palavras-chave


mediatização; religião; Cristianismo; Portugal

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Locations of visitors to this page