Contribuição da Filosofia Pré-socrática para a Poesia Lírica da Grécia do Séc. VI a.C.

Odi Alexander Rocha da Silva

Resumo


O presente estudo discorre sobre a importância da filosofia pré-socrática no surgimento da vida interior, tema bastante explorado na poesia lírica da Grécia do séc. VI a.C., em maior grau pela poetisa Safo de Lesbos. Enquanto que em Homero tínhamos a arte literária impessoal e destituída de profundidade psicológica, na poesia lírica temos o levantamento de questões do íntimo humano. Entretanto, tais reflexões foram possíveis tendo em vista o advento da filosofia pré-socrática. Surgida quase ao mesmo tempo que a lírica, esta filosofia propôs uma outra interpretação para as questões da natureza, proporcionando uma nova leitura sobre o mundo e sobre os mitos. Tal releitura também alcançou a arte literária, influenciando-a. Em nossas reflexões sobre a contribuição da filosofia pré-socrática à poesia lírica, não nos restringimos a este ou aquele pensador, mas sim à filosofia de um modo geral. O presente estudo se ampara nos pressupostos teóricos estabelecidos por Jean-Pierre Vernant (1986), Gerd Borheim (1999), Bruno Snell (1992) e em variada bibliografia que direta ou indiretamente está relacionada ao tema em apreço.

Palavras-chave


indivíduo, mito, poesia, Safo

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122