Entre Adorno y Habermas: notas sobre la experiencia intelectual de Albrecht Wellmer

Nicholas Rauschenberg

Resumo


Albrecht Wellmer é um autor pertencente à segunda geração da assim chamada Escola de Frankfurt – ou Teoria Crítica da sociedade. Este artigo tem por objetivo mostrar, em termos gerais, a superação do paradigma da filosofia da consciência, característica da primeira geração, em direção à filosofia da linguagem proposta por Habermas, configurando desse modo o movimento epistemológico na direção da segunda geração. A partir dessa transição de paradigma, tento mostrar que uma das diferenças centrais de Wellmer em relação a Habermas se refere ao modo de interpretar a Teoria Estética de Adorno, ao lhe atribuir o status de teoria da comunicação, já que a pretensão estética da obra de arte moderna também configura uma pretensão de verdade, o que serve de apoio à “perspectiva situacionista da verdade” defendida por Wellmer.


Palavras-chave


Theodor Adorno, Albrecht Wellmer, Jürgen Habermas, Filosofia da consciência, Filosofia da linguagem

Texto completo: PDF (Español)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122