Interlúdio sobre a Teoria dos Jogos

Aimberê Quintiliano

Resumo


Esse artigo tenta tirar consequências da teoria dos jogos, aplicando alguns de seus resultados à sociologia e, em certos aspectos, à filosofia política. A intenção é mostrar como a nossa sociedade foi fundada numa certa concepção das relações inter-humanas, apoiada numa teoria considerada como definitiva quando é possível encontrar uma outra maneira de interpretar seus resultados. A teoria dos jogos permite, com efeito, uma compreensão mais sutil das relações sociais que a de uma simples concorrência e mostra que é possível imaginar uma sociedade onde a competição teria a forma de uma “coopetição”, ou de uma verdadeira colaboração, sem prejuízo para a sociedade, mesmo quando esta é fundada nas relações comerciais. O artigo é um interlúdio, e como todos os jogos, tem também uma dimensão pedagógica.


Palavras-chave


Teoria dos jogos; Equilíbrio; Sociologia; Filosofia Política

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122