Estudo preliminar sobre competência tradutória e direcionalidade na tradução de uma revista institucional

Eliane Mariano de Oliveira de Albuquerque

Resumo


Este artigo apresenta resultados preliminares de uma pesquisa sobre um grupo de professores que traduzem uma revista institucional do português para o inglês. Todavia, o processo de traduzir revelou-se complexo para os professores. Nosso trabalho possui dois objetivos: (1) identificar os principais problemas de tradução encontrados; e (2) investigar que subcompetências tradutórias precisam ser desenvolvidas no grupo de professores/tradutores. O suporte teórico-metodológico baseia-se nos Estudos de Tradução Baseados em Corpus e no modelo teórico de competência tradutória do grupo PACTE. A metodologia utilizada é análise do corpus dos textos-fonte e dos textos-alvo, além de entrevistas e questionário. Os resultados preliminares levam à hipótese de que os maiores problemas na tradução dos artigos se encontram nas diferenças morfossintáticas entre os dois idiomas, e no uso inadequado de tradução automática, o que aponta para a necessidade do desenvolvimento da subcompetência linguística e da subcompetência de conhecimentos de tradução.

Palavras-chave: Competência tradutória; Direcionalidade; Problemas de tradução.


Texto completo:

PDF




SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202