As múltiplas faces imaginárias do político

Autores

  • Francimar Arruda

Resumo

A esfera do político não pode mais ser reduzida às referências tradicionais de compreensão, tais como: o povo, a sociedade, o governo, a nação, as representações, nem mesmo a normas racionais ligadas a um só modelo contratual das instituições. O imaginário do político que se revela tanto como consubstancial, criador, ou como parasita, deve ser compreendido na sua complexidade antropológica ligado a várias outras dimensões. Propõe-se, neste trabalho, apresentar algumas hipóteses que permitem compreender melhor a dimensão e extensão dos fatos políticos, revelando encaminhamentos irredutíveis e indispensáveis que são os seus componentes chamados não racionais, tais como as imagens, símbolos e mitos como mediadores das formas e funções que estruturam esse fenômeno, a saber, a política.

Palavras-chave: Política, Filosofia, Comunicação, Ética, Antropologia.

Downloads

Publicado

2021-06-03

Edição

Seção

Artigos