A questão da técnica em Martin Heidegger

Autores

  • Ricardo Cocco

Palavras-chave:

técnica, ontologia

Resumo

O presente artigo tem por objetivo discutir a origem e o desenvolvimento da questão da técnica na filosofia de Martin Heidegger. Para isso, parte da análise da crítica heideggeriana à metafísica tradicional como história do autovelamento e esquecimento do ser que perpassa toda a filosofia ocidental desde Platão até Nietzsche. Heidegger desloca a discussão sobre a técnica para o nível ontológico. Para ele, metafísica é ontologia. A técnica e a ciência moderna seriam, portanto, a figura acabada desta metafísica. A preocupação de Heidegger com o tema encontra uma ampla exposição em seu escrito de 1938, Contribuições à filosofia: acerca do acontecimento (Heidegger, 19893). Ele liga o problema da técnica com a história do ser e seu esquecimento. O trabalho, então, procura mostrar como Heidegger descobre que é o próprio ser que se revela na época moderna como simples presença, identificado e reduzido ao ente e mobilizando o homem para tal empreendimento.

Downloads

Publicado

2014-02-16

Edição

Seção

Artigos