REFEJ E KONHKO

Ecologia dos saberes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.4013/rlah.2021.1026.11

Palavras-chave:

pensamento Kaingang, memória, oralidade

Resumo

São apresentadas duas entrevistas com os professores Dorvalino Refej Cardoso e Josme Konhko Fortes (in memoriam) realizadas nos anos de 2018 e 2019 na comunidade kanhgág Por Fi Ga em São Leopoldo, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. 

Biografia do Autor

Gabriel Chaves Amorim, Unisinos/UFPR/UFRGS

Doutorando no Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais; Mestre em Políticas e Práticas Sociais (PPGCS) e  Licenciado em História, todos na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Gastrônomo graduado pela Feevale. Mestrando em História na Univesidade Federal do Paraná (UFPR); Mestrando em Antropologia Social (UFRGS). Tem interesse em temáticas sobre projetos-de-comunidade, projetos-de-vida, economia social solidária, soberania alimentar, educação popular, planos de formação pessoal, juventudes, patrimônios imateriais, religiosidades, interculturalidades críticas e modernidade/colonialidade.

Dorvalino Refej Cardoso, Por Fi Ga/UFRGS

Kanhgág, liderança e professor bilíngue na comunidade Por Fi Ga. Mestre em Educação e graduado em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Josme Konhko Fortes , Por Fi Ga/Unisinos

Josme (in memoriam) foi filho, irmão, pai, marido, amigo, conselheiro e professor bilíngue Kanhgág/português na Escola Estadual de Ensino Fundamental na comunidade kanhgág Por Fi Ga, atuando principalmente nos temas de educação étnico racial, educação indígena e escola indígena. Graduado em pedagogia na Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS 

Downloads

Publicado

2022-01-21