A dispersão como dispositivo para uma teoria pós-midiática da comunicação

Alexandre Rocha da Silva

Resumo


A invenção de uma comunicação pós-midiática defendida por Félix Guattari em Cartographies schizoanalytiques enseja uma crítica às modernas teorias da comunicação limitadas aos universos midiáticos formais e sugere perspectivas analíticas que reconheçam os microagenciamentos virtuais como potências de comunicações em devir. Tal proposta encontra no conceito foucaultiano de dispersão articulador teórico-metodológico fundamental.





ISSN: 1806-6925 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto Gráfico: Jully Rodrigues

Crossref Member Badge
Crossref Similarity Check logo
Locations of visitors to this page