Recados ao revisor de textos: representações do profissional de texto nas crônicas de Eduardo Almeida Reis

Ana Elisa Ribeiro

Resumo


Com base em conceitos de norma padrão, norma culta, normativismo e na verificação do espaço aberto na mídia para o surgimento de colunas de “dicas” de língua portuguesa, este artigo discute a representação do revisor de textos em um conjunto de quinze crônicas de Eduardo Almeida Reis, publicadas de 2005 a 2007, no jornal Estado de Minas, especialmente no caderno de Esportes. Todos os textos do intervalo de dois anos foram lidos, mas foram selecionados para análise apenas aqueles em que a figura do revisor era mencionada ou tratada. Também são discutidas as representações de leitor surgidas nessas crônicas. O artigo intenta contribuir para os estudos de edição de texto e pretende discutir e, em alguma medida, combater certa representação normativista do revisor, encontrada no senso comum e mesmo em estudiosos que tratam ligeiramente do tema.

Texto completo: HTML



ISSN: 1806-6925 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto Gráfico: Jully Rodrigues

Crossref Member Badge
Crossref Similarity Check logo
Locations of visitors to this page