Ciberjornalismo em dispositivos móveis: uma análise da conjuntura brasileira

Lucas Santiago Arraes Reino, Thaísa Cristina Bueno

Resumo


Este artigo se propõe descrever e debater o impacto do uso de aplicativos móveis na forma de trabalho dos veículos de comunicação do país. O objetivo é apresentar um panorama atualizado do tema que auxilie no entendimento geral da realidade do mercado brasileiro no que tange à aplicação dessas ferramentas e aos usos que os veículos em diferentes capitais fazem delas, bem como servir de base para novas pesquisas sobre o tema. Para isso, além de produzir um mapeamento descritivo dos tipos de aplicativo e sua utilização nos principais jornais das 27 capitais brasileiras e nos três maiores jornais de circulação nacional, apresentamos e discutimos os resultados numéricos de campo à luz dos estudos de dois importantes nomes da pesquisa brasileira nesse assunto, os professores Eduardo Campos Pellanda, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), e Fernando Firmino, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). A pesquisa, assim, apresenta os aplicativos mais empregados pela imprensa no país e a forma como eles influenciam a rotina de atuação nas empresas, trazendo adicionalmente uma análise dessa conjuntura.

Palavras-chave


dispositivos móveis; apps; ciberjornalismo; Brasil

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .