“Não tinha medo dos gringos”: violência e crime nas regiões de colonização italiana do Sul do Brasil

Maíra Ines Vendrame

Resumo


O presente artigo analisa um crime ocorrido numa das principais regiões de colonização italiana do Rio Grande do Sul, no início do século XX: Caxias do Sul. Parte-se do episódio que ocasionou a morte de um indivíduo negro por um grupo de imigrantes italianos, numa das zonas rurais do município. Através do processo-crime, no qual são réus alguns “operários italianos”, busca-se analisar as disputas nos espaços de trabalho, as estratégias de controle social e reforço das diferenças e hierarquias. Mais do que isso, problematizou-se o uso da violência e da justiça oficial do Estado, enquanto modos autônomos de controlar e forçar o encaminhamento de resoluções para os impasses locais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/hist.2020.243.13



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues
 
 
 
 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo