Jornalismo de moda made in Brazil: características da prática

Ana Marta Moreira Flores

Resumo


Compreender o jornalismo de moda ao associar as naturezas do jornalismo e da moda é uma das propostas do presente artigo, bem como pontuar particularidades elementares da prática. Partimos de uma discussão teórica com as características para definir a ciência dos jornais cunhadas por Otto Groth e Luiz Beltrão, aproximando-as dos estudos em moda com o apoio da obra de Gilles Lipovetsky e Lars Svendsen. Em seguida, discernimos o jornalismo sobre moda do jornalismo de moda e apresentamos algumas tipologias desse conteúdo jornalístico: (i) tendência, (ii) serviço, (iii) comportamento (Joffily, 1991) e (iv) celebridades (Hinerasky, 2006; Flores, 2008). Para finalizar, listamos quatro características imprescindíveis ao jornalismo de moda no Brasil: (i) Supremacia da imagem, (ii) Texto referencial, (iii) Estrangeirismo e Neologismo e, por fim, (iv) Interpretação e Opinião. A proposta é um ensaio para definir a prática e para contribuir com futuros estudos na área.

Palavras-chave: jornalismo de moda, jornalismo sobre moda, estudos de jornalismo.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues