Autonetnografia e inserção online: o papel do pesquisador-insider nas práticas comunicacionais das subculturas da Web

Adriana Amaral

Resumo


O presente artigo introduz o conceito de autonetnografia, um dos níveis de indicação da proximidade na relação entre pesquisador e os sujeitos observados nas comunidades digitais. A partir desse norte conceitual, utilizado como elemento de reflexão na etnografia virtual, observa-se a figura do pesquisador-insider e seu papel para uma problematização de sua inserção no online. Por intermédio da observação participante dos processos comunicacionais e de sociabilidade dos integrantes da subcultura “electro-industrial”, aponto alguns usos, apropriações e consumo das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) –no contexto dos sites de redes sociais. Além de discutir o conceito de autonetnografia, o artigo revisa os procedimentos metodológicos da análise netnográfica e apresenta algumas de suas aplicações, além de propor um exercício de narrativa de cunho subjetivo como possibilidade de escrita adequada à análise das práticas de comunicação na Web.

Palavras-chave: cibercultura, metodologia, autonetnografia.

Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo