O problema da exequibilidade do Estado legítimo no Contrato Social de Rousseau

Ricardo Machado Santos

Resumo


O objetivo deste trabalho é discutir como Rousseau resolve a questão da exequibilidade do Estado legítimo, especificamente em sua obra Do Contrato Social, ou seja, procurar-se-á entender como este autor fundamenta o poder político, mostrando a necessidade do Estado e como sua resposta se relaciona com a realidade política. Ou seja, o presente trabalho procurará discutir o projeto político de Rousseau do ponto de vista das condições de possibilidade de sua efetivação e, obviamente, segundo os elementos que o próprio autor fornece no interior da obra supramencionada, mostrando que o projeto de um Contrato Social não é um ideal quimérico.

Palavras-chave


Rousseau, Estado, Contrato Social, Legislador

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122