Niilismo e subjetividade: Nietzsche crítico das metafísicas de Descartes e Kant

Ildenilson Meireles Barbosa

Resumo


O artigo apresenta a crítica de Nietzsche às metafísicas de Descartes e Kant para mostrar que aquilo que constitui o núcleo da filosofia da subjetividade resulta numa consequência niilista. De acordo com a interpretação de Nietzsche, sendo o eu mera ficção, uma invenção cuja articulação com o ideal de verdade provoca uma recusa da efetividade, é preciso mostrar em que medida a metafísica moderna se apresenta sob o regime do niilismo.

Palavras-chave


Nietzsche; Verdade; Metafísica; Niilismo; Sujeito

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122