A percepção da escuridão como um problema filosófico

Fernando Ruiz Rosário

Resumo


A visão é um tema da filosofia da percepção. Ver é uma percepção que pode ser descrita como o processo de extrair informações do ambiente a partir da luz. No entanto, deparamo-nos com as mais diversas situações de escuridão, em que a luminosidade é ausente, mas em que ainda somos capazes de dizer algo sobre o ambiente: está escuro. Uma das explicações, fornecida por Roy Sonrensen, diz que somos capazes de ver a escuridão em sentido robusto. André Abath, por usa vez, propõe uma explicação alternativa baseada na fenomenologia da escuridão, que diz que perceber a escuridão é perceber ausências. No presente trabalho será apresentada uma descrição de percepção da escuridão enquanto uma das funções da visão, bem como o que acontece quando falhamos em captar qualquer coisa no ambiente.



Palavras-chave


Filosofia da Percepção; Escuridão; Visão.

Referências


ABATH, A. Nada vendo no escuro, nada ouvindo no silêncio. Doispontos, v. 9, n. 2, p. 11-31, out./2012.

ARISTOTLE. Excerpt from On the Soul (De Anima). In: MACPHERSON, F (Ed.). The senses: classical and contemporary philosophical perspectives. Oxford: Oxford University Press. 2011, p. 47-63.

DRETSKE, F. I. Seeing and Knowing. London: Routledge & Kegan Paul, 1969.

HEIL, J. The senses. In: MACPHERSON, F (Ed.). The senses: classical and contemporary

philosophical perspectives. Oxford: Oxford University Press, 2011. p. 136-155.

JUNQUEIRA, L. C. U.; CARNEIRO, J. Histologia básica. 12. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.

LEWIS, D. Veridical hallucination and prosthetic vision. Australasian Journal of Philosophy, v. 58, n. 3, p. 239-249, 1980.

MEISTER, M; TESSIER-LAVIGNE, M. Low-level visual processing: the retina. In: KANDEL, E. R. et al. (Ed). Principles of neural science. 5. ed. New York: Mc Graw Hill Medical, 2013.SORABJI, R. Aristotle on Demarcating the Five Senses. In: MACPHERSON, F (Ed.). The senses: classical and contemporary philosophical perspectives. Oxford: Oxford University Press, 2011, p. 64-82.

SORENSEN, R. Seeing dark things: the philosophy of shadows. Oxford: Oxford University Press, 2008.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122