Heidegger e a transformação da essência da verdade em Platão.

André Antônio Ribeiro

Resumo


O objetivo desse artigo é investigar o desenvolvimento da concepção de verdade em Heidegger. No texto A doutrina de Platão sobre a verdade Heidegger procura demonstrar, na sua famosa exegese da Alegoria da Caverna, a transformação do conceito de verdade como desvelamento para a noção de verdade como correspondência do pensamento com a coisa, mudança essa que dá origem à forma de pensar que leva ao esquecimento do ser. A concepção de verdade como desvelamento, sofreu uma dura crítica de Ernest Tugendhat, à qual Heidegger responde não com um recuo, como poderia parecer à primeira vista, mas com uma radicalização da concepção de verdade: é necessário agora pensar a dimensão prévia que possibilita o desocultamento dos entes, isto é; a alethéia enquanto clareira.


Palavras-chave


Heidegger; verdade; Platão

Texto completo: PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122