Sobre a liberdade em Arendt: comentários introdutórios

José João Neves Barbosa Vicente (UFRB)

Resumo


A proposta geral deste artigo é analisar e discutir a ideia da liberdade como aparece na obra de Arendt. Especificamente pretende-se demonstrar com este estudo que Arendt não é apenas uma grande defensora da liberdade, mas também que, para ela, nem a política e nem o indivíduo têm qualquer sentido na ausência dessa liberdade que deve se manifestar em um espaço público através da ação e do discurso na presença dos pares; pretende-se também defender que, para Arendt, não existe nenhum bem maior do que a liberdade que, como entendida por ela, nada tem a ver, por exemplo, com a “interioridade” ou com o “livre-arbítrio”.

 

Histórico

Submissão: 30/01/2017

Ajustes requeridos: 27/03/2017

Aceito para publicação: 17/04/2017


Palavras-chave


Interioridade; Liberdade; Política.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122