O papel da filosofia na perspectiva de Richard Rorty: da epistemologia à hermenêutica

Altair Alberto Fávero (UPF), Carina Tonieto (UPF)

Resumo


Nos propomos, nos limites do presente ensaio, abordar a análise que Richard Rorty faz da filosofia contemporânea a partir da relação entre a epistemologia e a hermenêutica. Com esta análise pretendemos identificar um possível papel para a filosofia e os filósofos a partir da perspectiva rortiana. Estruturamos o ensaio em três tópicos: no primeiro, seguindo os passos de Rorty, reconstruímos a concepção de filosofia epistemologicamente centrada que se desenvolveu na modernidade a partir do cogito cartesiano, do sensualismo de Locke e da ideia de disciplina fundamental proposta por Kant. No segundo tópico, analisamos a aproximação e distinção entre epistemologia e hermenêutica feita por Rorty de maneira sistemática em um dos capítulos do seu Filosofia e o espelho da natureza. Como considerações finais analisaremos a distinção feita por Rorty entre filosofia sistemática e filosofia edificante e o papel da filosofia e dos filósofos a partir dessa perspectiva.

Palavras-chave


Rorty; Filosofia edificante; Epistemologia; Hermenêutica.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1808-5253 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122