Os imaginários sociodiscursivos de estudantes timorenses sobre a importância das línguas Tétum e Portuguesa

Izabel Cristina Silva Diniz

Resumo


Neste trabalho, busco identificar os imaginários sociodiscursivos presentes em 24 textos de estudantes secundaristas timorensese, também, o universo de saberes e crenças que sustenta esses discursos. Tais universos, segundo Charaudeau (2008a, 2008b), são partilhados e construídos socialmente. Os imaginários sociodiscursivos, de acordo com a vertente teórica Semiolinguística, correspondem a modelos de compreensão do mundo sobre determinado assunto, no caso deste estudo,sobre a importância das línguas portuguesa e tétum para o público estudantil investigado. Desejo perceber, com tal investigação, o quanto o discurso desses jovens aproxima-se ou distancia-se do discurso político difundido em Timor-Leste em relação à escolha das línguas oficiais daquele país. Os resultados apontam uma aproximação parcial desses imaginários, bem como a relevância de uma política linguística coerente em países bilíngues.

Palavras-chave: imaginários sociodiscursivos, língua portuguesa, línguatétum, Timor-Leste.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues

 

SCImago Journal & Country Rank