Representações de escrita de futuros professores de língua

Marcia Cristina Corrêa

Resumo


Este trabalho teve por objeto de análise a escrita/escrever entendida como um processo interativo, social, histórico, dialógico, baseado na produção de sentido. Nessa perspectiva, estudar o processo da escrita/escrever pressupõe a análise da relação estabelecida, social e ideologicamente, do sujeito/aluno com o objeto escrita. A partir disso, o objetivo traçado diz respeito à análise das representações de escrita/escrever de um grupo de alunos do Curso de Letras-UFSM, futuros professores de língua. Essa análise valeu-se da perspectiva sociointeracionista dos estudos da linguagem, de Vygotsky (1991, 1998a, 1998b) e de Bakhtin (1981, 1997). Por sua vez, a metodologia do trabalho fez uso da abordagem qualitativa de pesquisa, constituindo um estudo do tipo etnográfico (Erickson, 1990).

Palavras-chave: escrita/escrever, representações, sociointeracionista.

Texto completo: PDF