A ordem do expor em géneros acadêmicos do português europeu contemporâneo

Maria Antónia Coutinho

Resumo


Situado no quadro do interaccionismo sociodiscursivo, este artigo pretende analisar a ordem do expor em dois géneros académicos do português europeu contemporâneo: Face à predominância do discurso teórico (DT), nos dois casos, procurar-se-á verificar as condições de emergência do discurso interactivo (DI) – admitindo-se, a título de hipótese, que essa emergência não seja aleatória mas regulada pelo género, mais especificamente, pelo plano de texto. A análise evidencia um dos aspectos que permite diferenciar o artigo didáctico e o artigo científico: se em ambos o DI aparece associado ao produtor/investigador (que formula hipóteses, discute pontos de vista e gere o espaço do texto), esses segmentos tendem a ocorrer, nos textos científicos, em momentos- chave do plano, como a abertura e a conclusão de unidades macroestruturais.

Palavras-chave: gênero, discurso teórico, discurso interactivo, plano de texto.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo