Análise de mal-entendidos em diálogos

Telisa Furlanetto Graeff, Silvane Costenaro

Resumo


O trabalho analisa mal-entendidos em diálogos, com base em conceitos desenvolvidos por Carel e Ducrot na Teoria dos Blocos Semânticos (TBS). A TBS propõe que se atribua como “sentido” a uma entidade linguística um conjunto de encadeamentos argumentativos em DC (portanto) e em PT (mesmo assim) e postula dois modos pelos quais um aspecto argumentativo pode estar associado às palavras cujo sentido ele (o aspecto) constitui: o externo, encadeamentos que precedem ou seguem a entidade; e o interno, encadeamentos que a parafraseiam. Assumindo essa noção de argumentação discursiva, foram analisados dois diálogos. Concluiu-se que a incompreensão se deve ao fato de os interlocutores associarem a uma mesma entidade linguística argumentações diferentes, produzindo, então, objetos de discurso diversos.

Palavras-chave: bloco semântico, encadeamento argumentativo, malentendido, semântica argumentativa.

Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo