Studygrams: promovendo o consumo de modos de ser e estudar em plataformas digitais

Bianca Souza Biadeni, Gisela G.S. Castro

Resumo


Neste artigo refletimos sobre compartilhamento de conteúdo educacional na forma de um novo gênero midiático denominado studygram, que usa como plataforma o aplicativo para smartphones Instagram, aqui observada a partir de parâmetros sobre cultura visual pensados por Lev Manovich (2017) e Highfield e Leaver (2016), dentre outros. A partir de estudos acerca das plataformas digitais e as lógicas da mídia social que as permeiam, evidenciamos na discussão a promoção de certos modos de ser e formas de estudar promovidos nos fluxos de comunicação e sociabilidade ancorados em dinâmicas de consumo que se complementam ao ambiente escolar na atualidade.

Palavras-chave: Comunicação e consumo. Plataformas de mídias sociais. Modos de estudar. Instagram. Studygram.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo