Trabalho por aplicativo: gerenciamento algorítmico e condições de trabalho dos motoristas da Uber

Henrique Amorim, Felipe Bruner Moda

Resumo


Visando contribuir com a compreensão de como a relação autonomia versus controle se materializa no trabalho por aplicativo, este artigo se fundamenta na apresentação dos resultados de uma pesquisa realizada na cidade de São Paulo com motoristas da Uber que teve por objetivo analisar as práticas gerenciais existentes e as condições nas quais este trabalho é realizado. Defendemos que a gerência algorítmica possibilitada pela adoção de aplicativos nos diferentes processos de trabalho está consolidando uma nova forma de gestão, organização e controle da força de trabalho, aumentando a subsunção real dos trabalhadores ao capital e radicalizando as formas de exploração e dominação do trabalho. Apesar desta forma de trabalho ser ancorada em uma liberdade aparente, por não ser pré-definido a jornada e o local para a sua realização, esta radicalização decorre do fato de que a grande capacidade das plataformas em reter e analisar dados permite que o trabalho dos motoristas seja controlado em tempo real, diminuindo a possibilidade dos trabalhadores organizarem como serão realizadas as suas atividades.

Palavras-chave: Trabalho por aplicativo. Gerenciamento algorítmico. Uber.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo