O conceito de participação. Se eles têm acesso e interagem, eles participam de fato?

Nico Carpentier

Resumo


Participação é um conceito que tem sido utilizado em uma ampla variedade de áreas e que obteve uma gama ainda maior de significados. Esse artigo tenta, primeiramente debater participação na teoria democrática, o que nos permite introduzir a distinção entre formas minimalistas e maximalistas de participação. Na segunda paete, uma definição mais ampla de política é utilizada para transcender para as lógicas das políticas institucionalizadas e para enfatizar que a distribuição de poder na sociedade é uma dimensão do social que permeia todo campo possível da sociedade. Ambas as discussões são então utilizadas para descrever as características chave de participação, e para ampliar a fundamentalção teórica do conceito. O artigo então prossegue enfocando cada uma dessas características, nomeadamente a diferença entre acesso, interação e participação, uma vez que essa distinção nos permite delimitar mais afinadamente os significados chave atribuidos à participação enquanto um processo político no qual os atores envolvidos nos processos de tomada de decisão estão posicionados em direção ao outro através de relações de poder que são (em um certo sentido) igualitárias.

Plavras-chave: Teoria da participação, teoria democrática, política, poder, acesso, interação, contingência.


Texto completo: PDF (English)



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo