Entretenimento, Sociabilidade e Consumo nas Redes Sociais: cativando o consumidor-fã

Gisela G S Castro

Resumo


Entende-se o consumo como instância privilegiada para pensar a experiência contemporânea no contexto da crescente penetração do mercado nas esferas mais diversificadas de nossas vidas, notadamente no âmbito da subjetividade. A parceria entre as culturas midiática e do consumo enseja formatos e modelos inovadores, como a comunicação interpessoal de massa. As lógicas do entretenimento, da sociabilidade e dos negócios se entrecruzam neste tipo de interação característico da cultura digital atual. De modo lúdico, compartilha-se um volume sem precedentes de conteúdo nas redes sociais digitais, que congregam pessoas e negócios ao redor do mundo. Para expandir e cativar a clientela, são oferecidas as mais diversas experiências, notadamente aquelas que se servem das linguagens e lógicas do entretenimento para atrair a sempre fugaz atenção do público em nosso hipersaturado ecossistema comunicacional. A ambição de envolver o consumidor como parceiro e fã de determinada marca, produto ou serviço está presente com maior ou menor grau de transparência na comunicação mercadológica, tornando indispensável problematizar a participação dita espontânea nas redes sociais. 

Palavras-chave: comunicação e consumo, redes sociais, consumidor-fã, subjetividade.


Texto completo: PDF



ISSN: 1984-8226 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo