“Então você toma dano, bicha!”: mudanças de enquadre e alinhamento e construções identitárias em um jogo de RPG

Autores

  • João Pedro Delorenci Toscano Costa Departamento de Letras, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • Elizabeth Sara Lewis Departamento de Letras, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

DOI:

https://doi.org/10.4013/cld.2020.183.01

Resumo

Este artigo tem como tema o RPG, uma modalidade de jogo de interpretação no qual se constrói uma narrativa compartilhada entre os participantes. Os dados foram gerados entre abril e dezembro de 2018 em 7 sessões de um jogo de RPG cujos participantes se identificavam como LGBTQIs ou simpatizantes. Utilizando os conceitos de Enquadre e Alinhamento, da Sociolinguística Interacional, a pesquisa objetivava, num primeiro momento, analisar quais enquadres emergiam, como se sobrepunham e como os jogadores se alinhavam aos enquadres. Num segundo momento, procurou-se olhar para como questões de gênero e sexualidade se tornavam relevantes nas interações. Concluiu-se que, diferente de outras conversas face-a-face,o RPG possui relações de enquadre bem específicas e altamente móveis, que sãodefinidas pela própria modalidade do jogo. A forma como os participantes se alinham os enquadres varia, primeiro de enquadre a enquadre, mas também a partir de seus conhecimentos e experiências compartilhadas como grupo social minoritário.

Palavras-chave: Enquadres; Alinhamento; RPG.

Biografia do Autor

João Pedro Delorenci Toscano Costa, Departamento de Letras, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

É graduado em Letras da Universidade Federal do Estado de Rio de Janeiro (UNIRIO), onde foi bolsista de Iniciação Científica pela FAPERJ.

Elizabeth Sara Lewis, Departamento de Letras, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

É professora de Linguística no Departamento de Letras da Universidade Federal do Estado de Rio de Janeiro (UNIRIO). Possui doutorado e mestrado em Estudos da Linguagem - PUC-Rio (2016 e 2012, respectivamente), mestrado em (Des)igualdade Social: Estudos de Gênero e Estudos das Mulheres - Università degli Studi di Roma Tre, Itália (2008), mestrado em Antropologia Social e Etnologia - École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, França (2005) e graduação em Espanhol (língua, literatura e cultura) e Estudos Internacionais - Davidson College, EUA (2004).

Downloads

Publicado

2020-11-04