Saberes em (trans)formação contínua: uma abordagem metodológica na análise das práticas de formação para o ensino da escrita

Luciana Graça

Resumo


A nossa investigação interessa-se pelo efetivo impacto de uma formação contínua, para o ensino da escrita, nas práticas dos professores em sala de aula, ou seja, pela identificação dos saberes que são recuperados, transformados e/ou eliminados, na passagem da formação para a prática, in loco. Neste texto, o nosso enfoque está colocado na oficina de formação, analisando-se as interações ocorridas entre o formador e os formandos, graças à gravação audiovisual realizada. Mais especificamente: i) apresentaremos a abordagem metodológica adotada para a análise; e ii) descreveremos duas das análises feitas – a nível das categorias de saber presentes e dos obstáculos identificados –, para também demonstrarmos algumas das potencialidades de tal abordagem. Os resultados obtidos evidenciam as virtualidades do dispositivo de análise e o facto de que os saberes apenas tendem a ser assimilados, quando o formando não só pode refletir sobre os conhecimentos que construiu, e as práticas que implementou, como também é capaz de reconhecer que os novos conhecimentos e as novas práticas estão intimamente relacionados com as suas preocupações pedagógicas e didáticas.

Palavras-chave: formação de professores; circulação de saberes; escrita.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/cld.2020.182.11



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202