Formação de professores numa perspectiva plurilíngue para o acolhimento linguístico de estudantes migrantes / refugiados

Carla Alessandra Cursino

Resumo


Este trabalho propõe uma reflexão sobre a importância da formação de professores em abordagens plurais visando o acolhimento linguístico de migrantes e refugiados. O ambiente escolar e os cursos de português como língua de acolhimento são marcados pelo monolinguismo ou pelo bilinguismo que privilegia apenas idiomas de prestígio. Assim, apresentamos as abordagens plurais como alternativas para o ensino numa perspectiva plurilíngue em oposição à tradição monolíngue vigente. Na sequência, analisamos duas iniciativas que se inscrevem sob a ótica do plurilinguismo – a cartilha “Alunos Imigrantes na Escola” e o projeto “Literatura de Refúgio”. Nossas análises mostram que o sucesso da aprendizagem de estudantes migrantes está relacionado à possibilidade de mobilizar suas línguas e culturas simultaneamente à aquisição do português como língua adicional e isso ocorre apenas quando docentes desenvolvem suas competências plurilíngues.

Palavras-chave: plurilinguismo; abordagens plurais; ensino no contexto de migração e refúgio.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4013/cld.2020.182.09



SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202