O professor de língua portuguesa moderno e o discurso escolar anacrônico

Luís Centeno do Amaral, Nóris Eunice W. P. Duarte

Resumo


O professor iniciante, formado em curso de Letras cujo currículo é baseado em preceitos da lingüística, encontra, na mais das vezes, um ambiente escolar conservador, avesso a propostas “inovadoras”. Embora a Lingüística seja uma das áreas do conhecimento mais desenvolvidas no Brasil, sua penetração no ambiente escolar é ainda tímida. Este texto se propõe a discutir a relação entre academia e escola, apresentando o ponto de vista dos autores e propondo alternativas de minimização dos problemas levantados.

Palavras-chave: lingüística aplicada, sociolingüística educacional, leitura.

Texto completo: PDF