Os desafios do magistério: contribuições da avaliação para a socioconstrução de identidades em narrativas de sofrimento

Adriana Rodrigues de Abreu, Adriana Nogueira Accioly Nobrega

Resumo


Este artigo busca refletir sobre as práticas cotidianas de professores da Educação Básica, a fim de contribuir para questões ligadas à formação continuada do professor no cenário social atual. O estudo analisa narrativas orais de experiências pessoais produzidas por quatro docentes, quando discutem questões voltadas à educação, sobretudo àquelas relacionadas aos desafios do magistério. A coconstrução das identidades dos professores, emergentes em seu discurso narrativo, é investigada, bem como as instâncias avaliativas que contribuem para a reconstrução de tais identidades. Recorremos às abordagens estruturais e interacionais para a análise das narrativas, em interface com a perspectiva socioconstrucionista de identidades e com a visão interacional de avaliação. A metodologia qualitativa foi utilizada e os resultados indicam que os participantes avaliam suas experiências docentes a partir dos desafios que enfrentam em sala de aula, produzindo narrativas de sofrimento que reportam suas dificuldades diárias.

Palavras-chave: Formação docente continuada; Coconstrução de identidades; Narrativas de sofrimento.


Texto completo:

PDF




SCImago Journal & Country Rank

ISSN 2177-6202