As CEBS e a luta por trabalho, emprego e renda: o caso da ocupação no Bairro Mathias Velho, em Canoas / RS (1978-1984).

Autores

  • Odilon Kieling Machado UFSM
  • Vitor Otávio Fernandes Biasoli UFSM

DOI:

https://doi.org/10.4013/rlah.v1i3.91

Palavras-chave:

CEBs. Trabalho. Teologia da Libertação.

Resumo

O presente trabalho é parte de pesquisa desenvolvida no Mestrado em História da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), cuja linha de pesquisa é Migrações e Trabalho, tendo como propósito historiar e analisar a contribuição das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) na vida religiosa, social e política dos moradores do Bairro Mathias Velho, no Município de Canoas / RS entre os anos de 1978 e 1984. As CEBs é um instrumento de lutas, onde a Teologia da Libertação é a base teórica. A ocupação ocorre de forma organizada, buscando identificar sujeitos históricos em um contexto de diversidade social e resistência. A luta por trabalho, emprego e renda é o objetivo principal de uma população, causado pelo êxodo rural. Além de fontes bibliográficas, utilizou-se entrevista oral com liderança do movimento. É importante destacar a postura de uma Igreja popular, engajada na luta pela dignidade humana, onde o trabalho é um direito fundamental na vida dos trabalhadores.

Biografia do Autor

Odilon Kieling Machado, UFSM

Universidade Federal da Santa Maria (UFSM), Mestrando em História, CAPES.

Vitor Otávio Fernandes Biasoli, UFSM

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Prof. do Depto. de História. Doutor em História

Downloads

Publicado

2012-03-16