A prevalência da modalidade escrita da língua na Educação a Distância: um olhar à luz das teorizações sobre letramento

Josias Ricardo Hack, Eloara Tomazoni

Resumo


Este artigo tematiza a modalidade escrita da língua na Educação a Distância (EaD), tendo como objeto uma reflexão acerca da prevalência dessa modalidade da língua na EaD à luz das teorizações sobre letramento, estudos de cunho antropológico. O texto conta com quatro seções de conteúdos que buscam discutir aspectos relacionados com as Tecnologias de Informação e Comunicação no contexto educativo, as relações entre a modalidade escrita na EaD e as implicações da prevalência dessa modalidade aos professores, alunos e ao próprio sistema de ensino. Trata-se de uma busca por uma reflexão que possa desenvolver um olhar culturalmente sensível, à luz dos estudos do letramento, que viabilize aos envolvidos nesse processo de ensino conhecer e saber quem são os sujeitos, quais suas práticas e vivências com a modalidade escrita da língua e como tais práticas e vivências podem influenciar no processo de aprendizagem de um aluno da EaD.

Palavras-chave: Educação a Distância, modalidade escrita, teorias sobre letramento.


Texto completo: PDF



ISSN: 1806-6925 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto Gráfico: Jully Rodrigues

Crossref Member Badge
Crossref Similarity Check logo
Locations of visitors to this page