Tecnologias móveis de posicionamento: abordagens históricas, sociais e espaciais

Adriana de Souza e Silva

Resumo


Devido a popularização dos smartphones, os serviços de localização são cada vez mais comuns em nosso cotidiano. Utilizamos os celulares para encontrar restaurantes próximos, amigos na vizinhança e acompanhar as atividades de nossos filhos. Embora os serviços de localização tenham recebido pouca atenção no meio acadêmico até hoje, a utilização do celular para localizar pessoas ou coisas não é uma novidade. Desde a remoção do sinal de degradação do GPS em 2000, artistas e pesquisadores têm explorado como o uso dessa interface de localização influencia os modos como nos deslocamos, percebemos espaços, e socializamos. Esse artigo, além de tratar dos antecedentes históricos dos serviços de localização, explora as questões sociais que surgem quando essas tecnologias deixam o domínio da arte e da pesquisa e se tornam parte da vida cotidiana. Essas questões são: privacidade, sociabilidade e espacialidade. Além disso, este artigo aborda dois temas importantes que a pesquisa na área de comunicação móvel deve começar a levar em consideração: a mudança no conceito de “local” e a adoção e apropriação das tecnologias de localização nos países em desenvolvimento.

Texto completo: PDF



ISSN: 1806-6925 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto Gráfico: Jully Rodrigues

Crossref Member Badge
Crossref Similarity Check logo
Locations of visitors to this page