A confiança como figura epistemológica da comunicação

Ramon Bezerra Costa

Resumo


A partir do entendimento de que o objeto de estudo da comunicação seriam os processos de vinculação social, este artigo propõe a hipótese da confiança como uma figura epistemológica da comunicação. A hipótese é motivada pela percepção de que a confiança parece funcionar como uma reguladora dos processos de vinculação social. Inicialmente, apresenta-se a comunicação enquanto processo de vinculação social. Em seguida, reflete-se sobre a confiança como uma dimensão fundamental das relações sociais. Após isso é formulada a hipótese da confiança como figura epistemológica da comunicação.

Palavras-chave


comunicação, vinculação social, confiança

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .