Políticas Editoriais

Foco e Escopo

1. Missão

A REVISTA responde a um dos resultados do projeto Crítica Epistemológica – PROCAD: buscar organicidade no debate sobre questões relacionados aos objetos, métodos e metodologias no campo da comunicação no Brasil e no mundo. Transfere, para o projeto de Revista, os formatos de interações desenvolvidos no projeto Procad. A marca desse formato é a busca de uma metodologia de interlocução a partir de uma diversidade de angulações.

A partir dessa experiência, a proposta se dirige ao conjunto dos pesquisadores de ciências sociais, especialmente na área da comunicação, que estejam em diálogo com perspectivas e tensionamentos no Brasil e no plano internacional, acompanhando, de maneira sensível, os debates em curso na Norte, Sul, Leste e Oeste, em torno do pensamento comunicacional (em particular, os identificados em sociedades científicas correlatas – COMPÓS, ALAIC, IAMCR, SFSIC, etc.).

Nesse sentido, a proposta é uma revista centrada no debate em processo ou estimulado, entre diversas angulações epistemológicas no campo da comunicação. Suas chamadas não serão temáticas ou conforme determinadas escolas, mas de debate, explícito, entre enfoques epistemológicos diferenciados no campo da comunicação no Brasil e no mundo. Assim, será estimulado o debate entre correntes fundadas no pensamento em ciências sociais, teorias do signo, teoria literária, técnica e tecnologia, considerando as ações, interações, práticas e filosofia, em comunicação e processos midiáticos, levando em conta especialmente os seguintes eixos.

a)  Questões, problemas e conceitos do campo da comunicação;
b)  Objetos e métodos de investigação;
c)  Crítica epistemológica;

 

2. Atribuições dos Editores com apoio consultivo do Comitê Editorial

  1. Fixar as diretrizes editoriais do periódico pelo qual é responsável, em conjunto com o Comitê Editorial, quando houver;
  2. Providenciar, em conjunto com a Editoria de Periódicos, a indexação do periódico no maior número possível de bases de dados da área do conhecimento, nacionais e internacionais;
  3. Rrevisar ou atualizar diretrizes que orientam a seleção de integrantes da Comissão Científica do respectivo periódico;
  4. Indicar os integrantes da Comissão Científica;
  5. Estabelecer critérios e procedimentos para a aprovação de artigos;
  6. Acolher, analisar e submeter artigos à avaliação de integrantes da Comissão Científica, estipulando prazos para retorno de pareceres solicitados e acompanhando a observância dos mesmos;
  7. Preservar registros, pareceres e documentos referentes aos artigos avaliados pela Comissão Científica;
  8. Manter contato contínuo com instituições de ensino e pesquisa, nacionais e estrangeiras, com vistas a incentivar e incrementar a publicação de autores convidados;
  9. Zelar pela qualidade técnica, científica e textual, pela estabilidade do perfil e dos objetivos da periódico e pela regularidade e continuidade de sua publicação impressa e/ou eletrônica;
  10. Auxiliar no planejamento e na execução do processo de divulgação do periódico;
  11. Promover a avaliação da qualidade e relevância científica do periódico, com base em recomendações, critérios políticas, normas e padrões definidos e acompanhar seu desempenho em relação ao número de citações que o periódico recebeu, ou, no caso de publicação eletrônica, ao número de acessos ao conteúdo do periódico.

 

3.  Sobre atribuições do Comitê Científico

  1. O periódico contará com uma Comissão Científica indicada pelo Comitê Editorial, com atribuições consultivas e de assessoramento, composta por doutores ou profissionais de notório saber na área correspondente, e que sejam vinculados a diferentes instituições de ensino ou pesquisa, nacionais e internacionais.
  2. Pelo menos 70% dos membros da Comissão Científica deverão pertencer a outras instituições de ensino ou pesquisa.
  3. Os artigos recebidos para publicação deverão ser submetidos à análise e avaliação técnico-científica de integrantes da Comissão, ficando a publicação do artigo sujeita aos termos do parecer do conselheiro que o analisar.
  4. Os integrantes da Comissão Científica colaborarão com o Editor responsável pelo periódico, na captação de trabalhos para publicação e no incremento da publicação de autores convidados, bem como na identificação e proposição de novos integrantes ou de integrantes ad hoc, para a Comissão.

 

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Apresentação

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Temas Livres

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Método

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Objetos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Objetos e Métodos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Pesquisa Em Ação

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A revista está permanentemente aberta à submissões. São aceitos para a publicação somente trabalhos originais, inéditos, e que não estejam sendo avaliados parapublicação em outra revista. Textos podem ser redigidos em português, inglês ouespanhol.Os artigos devem ser enviados eletronicamente, seguindo as etapas do sistema que tempor objetivo dar assistência à edição dos periódicos científicos em cada etapa doprocesso de editoração.

A publicação dos artigos está sujeita à aprovação prévia da Comissão Editorial da revista, após o que serão submetidos à avaliação do tipo peer review feita por, pelo menos, dois pareceristas externos.

A aceitação final dos artigos depende dos seguintes critérios:

  • Recomendação dos pareceristas;

  • Efetivação dos ajustes necessários pelo(s) autores(es);

  • E aprovação da Comissão Editorial, cuja resolução contemplará seis diferentes avaliações:

    1. Aceitar;
    2. Correções obrigatórias;
    3. Submeter novamente para avaliação;
    4. Enviar para outra revista;
    5. Rejeitar
    6. Ver comentários

A avaliação é:

  1. Cega, por membros do conselho consultivo ou pareceristas ad hoc;
  2. Processo de seleção: seleção de artigos em dois níveis: por um dos editores e dois pareceristas (três no caso de Controvérsia);
  3. Os artigos recebidos e enviados a pareceristas serão colocados na rede antes da publicação da revista e poderão ser acessados por todos os pareceristas (responsáveis ou não por parecer);
  4. Formulários de avaliação utilizados por revistas A1 Qualis/Capes;

 

Periodicidade

Publicação Semestral da Rede Crítica Epistemológica

 

 

Política de Acesso Livre

A Questões Transversais oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.


 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...