Zonas de Processamento de Exportação: problemática geral e a experiência de Imbituba (SC)

Hoyêdo Nunes Lins, Rosemar Amorim

Resumo


No final dos anos 1980, as Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs) adentraram o cenário brasileiro por meio de legislação federal que autorizou a criação de numerosas zonas em diferentes estados e regiões. O Município de Imbituba, no litoral sul de Santa Catarina, teve oficializada a permissão de uma ZPE em 1994, ao que se seguiram as obras e providências locais exigidas para o funcionamento. Todavia, decorridas mais de  duas décadas, a ZPE de Imbituba nunca transcendeu a condição de promessa, em que pese o esforço protagonizado localmente e a aprovação de projetos industriais para instalação. O artigo ocupa-se desse assunto, objetivando discernir o contexto que levou à opção por Imbituba, apresentar as ações empreendidas e refletir sobre as razões subjacentes à duradoura e arrastada frustração da iniciativa.


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-575X - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues