Gestão de estoque de medicamentos utilizando classificação ABC em um hospital público

Eliziane Ferranti

Resumo


O gerenciamento de estoques é um desafio para as organizações hospitalares, considerando a grande variedade dos produtos padronizados. O controle eficaz dos estoques, com dados confiáveis, resulta em um bom andamento dos processos operacionais de materiais na instituição. A curva ABC tem se mostrado como um recurso muito utilizado para uma boa gestão dos materiais em estoque. Por este motivo, o objetivo deste trabalho foi analisar a implantação da curva ABC de medicamentos padronizados em um hospital público de médio porte. Considerando a importância da curva A, acompanhou-se também a acurácia dos itens que a compõe no decorrer de quatro meses.  Trata-se de um estudo de caso descritivo e quantitativo realizado através de coleta de dados do software do hospital e da contagem do estoque físico. Para elaboração da curva ABC, buscou-se dados de custo e consumo dos medicamentos no sistema do hospital. Na mensuração da acurácia da curva A, procedeu-se a contagens diárias dos itens, verificando suas quantidades no sistema. A partir dos resultados obtidos, pode-se perceber que a categorização dos medicamentos por curvas auxiliou o gestor da farmácia hospitalar a controlar os itens da curva A, que corresponde a 75% do gasto mensal com medicamentos. Sugere-se para futuros trabalhos, a implantação da curva ABC para os demais grupos de materiais, a programação de aquisição e reposição dos itens conforme as curvas, a fim de diminuir o valor estocado de medicamentos.


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-575X - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues