Expansão econômica em Cachoeira do Sul (RS), décadas de 1930-1940

Jeferson Francisco Selbach

Resumo


Nas décadas que se seguiram a 1930, o perfil demográfico brasileiro se transformou gradativamente, com a prevalência do urbano sobre o rural. O autoritarismo dos coronéis se transmudou em populismo, a economia de exportação primária e importação de bens manufaturados sofreu significativas mudanças com a incorporação paulatina de novas tecnologias, obrigando verdadeiras multidões a deixarem o campo rumo às cidades, provocando intensa desorganização no modo de viver de todos. Este artigo propõe-se analisar a expansão econômica tomando como espaço representativo o município de Cachoeira do Sul (RS) e no período de tempo delimitado às décadas de 1930 e 1940. Estruturado em três partes, na primeira analisa a economia cachoeirense, através da expansão da manufatura, principalmente vinculada à produção de arroz, do comércio e dos serviços e da logística dos transportes, como construção de estradas de rodagem e a utilização das vias férreas e do rio Jacuí como opções para escoar a produção. Na segunda, enfoca a cultura rízicola, as tecnologias empregadas no cultivo, como seleção de novas sementes e a ampliação da mecanização, e a organização da primeira Festa do Arroz em 1941. Na terceira parte procura entender as razões do crescimento menor quando comparado a outros municípios gaúchos. Conclui com perspectiva de Cachoeira do Sul ter assumido definitivamente seu perfil agrícola.

Palavras-chave: migração, expansão econômica, urbanização, Cachoeira do Sul.


Texto completo: PDF



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo