Histórias de vida e memórias familiares: entrevistas com netos de refugiados da II Guerra Mundial no Brasil

Marcos Nestor Stein, Méri Frotscher

Resumo


Este artigo aborda entrevistas orais produzidas com descendentes de refugiados da Segunda Guerra Mundial que vivem no município de Guarapuava, estado do Paraná. Trata-se de membros de um grupo constituído por cerca de 2.500 pessoas, que se identificam como suábios do Danúbio – Donauschwaben –, os quais, no início da década de 1950, imigraram para o Brasil na condição de refugiados de guerra e se estabeleceram no referido município, onde fundaram a colônia Entre Rios. A análise enfoca as narrativas de três netos de imigrantes, nascidos na década de 1970, buscando problematizar como cada um constrói sua história de vida/familiar em relação com narrativas que constroem um determinado sentido histórico para os suábios na Europa e na colônia Entre Rios, e como conectam suas histórias de vida com as experiências de seus avós.

Palavras-chave: Suábios do Danúbio, História Oral, história de vida, geração, Colônia Entre Rios.


Texto completo: PDF



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


SCImago Journal & Country Rank