A breve primavera antes do longo inverno: uma cartografia histórica da cultura brasileira antes do golpe de Estado de 1964

Marcos Napolitano

Resumo


Neste artigo, apresento uma cartografia crítica da cultura brasileira entre 1955 e 1964, período crucial para o surgimento e afirmação de valores ideológicos, estéticos e culturais que marcaram a vigorosa cena cultural que tinha como principal característica a formulação de projetos marcados pelo engajamento na construção do Brasil moderno e socialmente integrado. Os movimentos intelectuais e artísticos do período tentaram equacionar os dilemas e impasses do atraso histórico brasileiro, visando influenciar as políticas de Estado na superação do “subdesenvolvimento”. Parto do pressuposto de que a cena cultural da época remetia a certos elementos do modernismo, como a busca da identidade nacional e o protagonismo do intelectual, além de preparar a “hegemonia cultural” da esquerda nacional-popular depois do golpe de 1964. Ao longo do artigo examino a historicidade específica dos projetos artístico-culturais e mapeio as várias correntes que protagonizaram a vida cultural brasileira neste momento-chave que propiciou um peculiar entrelaçamento entre política e cultura.

Palavras-chave: Brasil: história cultural, Brasil: cultura e política, engajamento intelectual.


Texto completo: PDF



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo