“Ecos de Pio IX”: política e historiografia oitocentistas na criação de um estado pontifício para a idade média

Leandro Duarte Rust

Resumo


Com este artigo apresentamos algumas reflexões sobre a instituição dos Estados Papais como um objeto de estudos historiográficos. O enquadramento deste tema na escrita da História remonta ao pioneiro estudo elaborado pelo teólogo John Miley, em meados do século XIX. Essa referência contextual é indicadora de uma importante relação epistemológica: a constituição do novo objeto de estudos foi conceitualmente delineada de modo a refletir as características das relações políticas protagonizadas pelo pontificado de Pio IX (1846-1878). Todavia, embora o tema tenha perpassado o século XX atraindo incessantemente a atenção dos historiadores, os parâmetros oitocentistas que modelaram sua abordagem permaneceram intocados, perpetuando a adoção científica de controversos critérios de análise. De modo geral, a historiografia permanece presa ao pioneirismo de John Miley, o qual é o argumento central deste artigo.

Palavras-chave: historiografia, Estados Papais, Idade Média.


Texto completo: PDF



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo