Aurélio Vítor e o quinquennium Neronis

Moisés Antiqueira

Resumo


Em uma passagem de suas Historiae abbreuiatae (5.1-4), Aurélio Vítor relata a existência de um período de cinco anos durante os quais o governo do imperador Nero, tradicionalmente retratado como um tirano no interior da produção historiográfica romana, teria sido louvável. Embora a questão do “quinquênio de Nero” suscite inúmeras discussões entre os estudiosos modernos, o papel que a ideia do “quinquênio” exerce na narrativa de Aurélio Vítor não tem figurado como objeto de análise. Assim, o presente artigo almeja indicar, por um lado, de que maneira Aurélio Vítor manipula a perspectiva do “quinquênio de Nero” a fim de oferecer uma reflexão acerca do poder imperial em Roma e, por outro, apontar como a noção do “quinquênio” nos permite lançar luz aos pressupostos que norteavam a prática de Aurélio Vítor enquanto historiador.

Palavras-chave: Aurélio Vítor, Epitome de Caesaribus, historiografi a romana, quinquennium
Neronis.


Texto completo: PDF



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo