O panfleto político na Nova Canção Chilena durante a Unidade Popular: entre o “amor ao processo” e o “terrorismo musical”

Natália Ayo Schmiedecke

Resumo


O presente trabalho enfoca as “canções panfletárias” difundidas pelo movimento da Nova Canção Chilena durante o governo da Unidade Popular (1970-1973), a fim de identificar as formas assumidas pelas canções de apoio ao processo, suas principais características e sua repercussão à época. Como veremos, trata-se de um repertório bastante variado e que esteve longe de constituir um consenso no interior do movimento. A análise realizada se pautou na discografia dos músicos e na imprensa governista, trazendo à tona os elementos envolvidos no discurso revolucionário sustentado pelos primeiros. Os resultados obtidos demonstram que, não obstante tratar-se do movimento artístico mais estudado e debatido da história musical chilena, ainda há muitos aspectos a serem explorados pelos estudiosos, seja no terreno mais conhecido, revisando e aprofundando dados; seja trazendo à tona temas, nomes e obras pouco recordados.


Texto completo: PDF



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo