Matar um jaguar: a natureza na cultura Guarani através do discurso missionário

Jean Baptista

Resumo


O presente estudo tem por objetivo refletir sobre a relação entre missionários, reduzidos e natureza durante o processo de instalação das reduções no antigo Paraguai. Para tal, explora-se em primeiro lugar a percepção missionária sobre a natureza, especialmente os usos desta na catequese. Em seguida, através de uma tentativa de aproximação etnohistórica, avalia-se a percepção indígena sobre o mundo natural, especialmente no que se refere à onça (jaguar). Paralelamente, discute-se a relação de poder estabelecida entre missionários e reduzidos, sobretudo os métodos experimentados pelos pretensos evangelizadores e as possíveis aceitações provindas da sociedade reducional.

Palavras-chave: etno-história, discurso missionário, reduções jesuíticas.

Texto completo: PDF



ISSN: 2236-1782 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues




SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo