Caracterização e composição cianobacteriana das esteiras microbianas lisas da lagoa de Araruama, Rio de Janeiro, Brasil

Loreine H. Silva e Silva, Anderson A. C. Iespa, Cynthia M. Damazio

Resumo


A lagoa de Araruama (22º 50’ - 22º 57’S e 42º 00’ - 42º 44’W), Estado do Rio de Janeiro, Brasil, está submetida a um clima semi-árido com grande déficit no balanço precipitação-evaporação. O objetivo deste estudo é caracterizar a composição cianobacteriana e os tipos de esteira microbiana lisa encontrados em seu assoalho, bem como sua relação com os parâmetros físicos que promovera sua formação e sua posterior comparação com estruturas similares no registro fóssil. O estudo se baseou em coletas mensais entre os meses de julho a dezembro de 2004 e a análise taxonômica envolveu a confecção de lâminas frescas e permanentes para a observação das características morfológicas clássicas. As espécies Schizothrix friesii (Agardh) Gomont, 1892 e Microcoleus chthonoplastes (Thuret) Gomont, 1892 foram as principais cianobactérias formadoras da esteira lisa.

Palavras-chave: esteiras microbianas lisas, cianobactérias, lagoa de Araruama, Rio de Janeiro, Brasil.

Texto completo: PDF



ISSN: 1983-3628 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo