Catálogo palinológico em sedimentos do final do Neógeno no Estado do Rio Grande do Sul (Guaíba e Capão do Leão), Brasil. Taxonomia – Parte IV: Magnoliophyta I (Magnoliopsida)

Paulo César Pereira das Neves, Rodrigo Rodrigues Cancelli

Resumo


Este trabalho apresenta os resultados obtidos a partir da análise palinológica qualitativa em sedimentos do final do Quaternário nas localidades de Guaíba e Capão do Leão, leste do Rio Grande do Sul, Brasil. São descritos e ilustrados 31 palinomorfos relativos à Magnoliophyta (Magnoliopsida) provenientes de depósitos paludosos. Indicam uma diversidade de grãos de pólen cujas formas modernas relacionadas expressam diferentes hábitos de vida e estratos da floresta. O conjunto demonstra, igualmente, a presença de diferentes contextos ecológicos e de paisagem para os momentos finais do Quaternário nestas regiões, com áreas mais fechadas de mata, de campo mais aberto e ambientes palustres. Muitos dos táxons presentes crescem hoje nos solos litólicos dos morros de Porto Alegre, enquanto outros constituem parte da cobertura vegetal da própria planície costeira, como, por exemplo, nas restingas e nos banhados do Taim e Domingos Petrolini, e nas restingas.

Palavras-chave: Palinologia, Quaternário, Rio Grande do Sul, Brasil.

Texto completo: PDF



ISSN: 1983-3628 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo